quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

"...E agOrA? ..."


Tem coisas que ainda não sei.
Na hora da explicação eu estava desenhando.
Eu sei, fiquei muito tempo apontando meus lápis de cor.
E por incrível que pareça, ainda estou viva.

Há muito para desdizer e muitas sílabas para juntar.
Mas já não me preocupo se entenderão meus poemas e meus desenhos.
Se conseguirão interpretá-los ou não já não faz diferença, os espalharei pelo chão mesmo assim.

Porque ainda estou viva.

Infelizmente não ouvirei outra vez as explicações que perdi.
Mas na prática se aprende do mesmo jeito.
E nada mais ficará na gaveta escondido, pois agora minha própria vida será um poema desenhado.

Estou viva.



=]

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

.LeTRa.SoLTa. (composição)

Reciclei a embalagem
Você vê?
Não tem mais seu nome nela.
A parede está descascando, a tinta já era.
Eu não vou consertá-la
E a parede voltará a ser o que sempre foi
E isso será agora, não deixarei pra depois.

O prazo de validade expirou
Eu poderia ainda tentar
Mas agora vai ser assim
Vou descobrir quem eu sou
Cansei de ser perfeitinha só pra te agradar
Poderia ainda tentar, mas a validade expirou.


O conteúdo pelo ralo se foi
Você vê?
Não se conserta a casca do ovo.
Não vou mais tentar ter aquilo que não é para ser.
Vou olhar para o que está dando certo.
Estou sendo preenchida de novo.

O prazo de validade expirou
Eu poderia ainda tentar
Mas agora vai ser assim
Vou descobrir quem eu sou
Cansei de ser perfeitinha só pra te agradar
Poderia ainda tentar, mas a validade expirou.
=]

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

"...O SenTidO Do NaTaL..."


É, 2009 está chegando ao fim. E a correria de natal gera uma agitação total. E eu, nem sei ainda o que comprar para meu amigo secreto. E também não decidi que roupa usar na noite natalina.
O fato é que não está em nenhuma dessas coisas o "sentido" do natal. Nem bolinhas vermelhas na árvore, nem pisca-pisca, nem presentes, nem votos de felicitações, nem belos cartões decorados e nem nada disso.
O sentido do natal está Naquele que meramente mencionamos por pura demagogia. Mas a verddade, é que Ele nasceu por nós. Nasceu para cumprir um propósito, para consumar a obra que veio fazer. Ele nasceu, viveu, morreu e ressucitou por nós. E nossa gratidão diante disso deve gerar a esperança de que Ele voltará por e para nós também.
Não há como pensar no natal sem pensar na cruz. Parace mais fácil olhar para o pequeno, lindo e fofo bebê na manjedoura, do que para o já crescido, abatido e ensaguentado Cristo no Calvário que nos chama para subir com Ele na cruz, matar nosso próprio ego e receber da vida Dele em nós.
Seu nascimento não teria sentido se não fosse sua morte.
Celebremos Seu nascimento, lembremos de Sua morte e esperancemos em Sua vinda!
Feliz natal a todos!



=]

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

.O.VeRBo.

Era a glória.
Era a honra.
Era a majestade.
Era o que é.
Era o que sempre será.
Mas o era de outra forma.

Em glória era a glória.
Em honra era a honra.
Em majestade, a majestade.

Era Deus como Deus.
Mas por seu grande amor,
se tornou por nós em favor.

Deus se tornou humano.
Se tornou Deus com fome, cansado, indignado.
Como Deus não houve Nele engano.
Mas como homem se tornou limitado.

O Verbo se tornou em ação:
comeu, andou, viveu, amou.
O Verbo se fez carne como um de nós.
O Verbo que era a Palavra amor se tornou corpo,
se tornou gesto, se tornou atitude.
Por amor, o Verbo, se tornou carne.
E esta foi sua maior virtude.

E em vergonha era glória.
Em humilhação era honra.
Em desprezo, a majestade.
E por amor o próprio Deus,
como homem, morreu pela humanidade.

De maneira atroz,
por nossa culpa e horror,
calamos a voz
do Verbo que era amor.

Mas Seu amor foi maior que a morte.
Quando ressuscitou,
mais uma vez Ele mudou nossa sorte.

E nós que éramos o desprezo,
a vergonha, a própria humilhação.
Recebemos a Graça ao invés da morte,
através do Seu perdão.

Ele o fez por amor.
Ele é o Amor.
Porque Ele era a glória.
Era a honra.
Era a majestade.
No princípio era o Verbo,
que agora, se tornou carne!
=]

domingo, 6 de dezembro de 2009

... "NãO aPenAs uMa VisiTa" ...


Sim! Ela pousou em mim. Na verdade, na primeira vez, eu a peguei delicadamente para dizer 'oi' e logo ela saiu voando. Depois ela voltou serpenteando pelo ar e pousou em mim sem nem pedir licença. Fiquei maravilhada. Estava saindo de uma igreja onde dou aula de teatro quando isto aconteceu. Ela entrou comigo no carro, e quando cheguei em casa ela ainda estava na minha boina. Só saiu dali quando entrei em casa e ela voou para o corredor e ficou perto da luz. Mas durante o trajeto ela não saia de perto de mim, voava pra lá e pra cá, ia pelos meus ombros, subia na minha cabeça e descia pelo nariz, e isso fazia cocégas hehehe.
Confesso que fiquei muito contente com essa visita inusitada. AmO borboletas, mas raramente alguma pousa em mim, e mais raro ainda eu conseguir fotografar uma delas em minhas mãos. Portanto, aproveitei a oportunidade para registrar tudo. Foi um momento único e sublime.
E é claro que fiquei a pensar nisso tudo. Se me alegrei tanto por uma borboletinha amarela pousar em mim por uns 30 minutos, quanto maior deveria ser minha alegria por saber que o próprio Deus habita em mim pra sempre?
Quantas vezes nos esquecemos da presença de Deus em nós. Nos apegamos a coisas, nos preocupamos com os problemas, andamos ansiosos e preocupados. Não conseguimos descansar, nem confiar, nem estar seguros nos braços do Pai. Contudo, Ele está sempre conosco. Soprando sua paz e seu amor em nossa vida. Mas andamos tão distraídos, ocupados e errantes que não percebemos o cuidado Dele.
Quantas borboletas terão que pousar em nosso ombro, ou quantas cabeçadas teremos que dar, para entender que Deus está em nós esperando que finalmente percebamos a presença Dele? Jesus disse: "Estarei convosco para sempre, até a consumação dos séculos."
Ele deseja que vivamos a completude dos sonhos Dele para nós e por isso Ele se ocupa em cuidar dos detalhes. Enquanto isto, o que temos feito? Vivemos na segurança de que Ele habita em nós independente da situação ou nos distraimos com as ocupações da vida que nos engolem todos os dias?
E esta é uma decisão para hoje, para agora!

=]

sábado, 28 de novembro de 2009

CaMiNhanDo PaRa O aLvO..."pRoSseGuiRei"...


Fui à um casamento nesta manhã. Data tão esperada pelos noivos e por todos nós que acompanhamos um pouco o trajeto da história deles. Confesso que chorei quando a segunda canção foi tocada. Meu coração se encheu de alegria e contentamento. Havia paz naquele lugar, e o amor daquele casal é tão transbordante e evidente que "respingou" um pouquinho em cada um de nós.
Durante a cerimônia fiquei pensando em como Deus conduz nossa história quando escolhemos ser guiados por Ele. Deus transforma a tristeza em festa, a frustração em esperança, a mágoa em amor, a vergonha em honra. Sim, Ele mesmo faz tudo isto enquanto caminhamos para o alvo.
É preciso descansar e confiar, mas sem deixar de caminhar. Assim como a noiva foi conduzida em segurança até o altar, Deus quer nos conduzir seguramente até ao Seu próposito para nossa vida. Ele quer que, mesmo com dificuldades, dores e lágrimas até, caminhemos firmes em direção aos sonhos Dele sabendo que estamos sendo guiados por Suas mãos.
E então, as lágrimas outrora de dor e cansaço, se transformarão em lágrimas de alívio e alegria. E tudo que nos caberá fazer será celebrar e agradecer a Deus por ter nos conduzido à Sua própria vontade que é sempre perfeita, boa e agradável.
Que nossa confiança em Deus nos conduza em até seu próposito para nós, e que a paz Dele nos invada de forma abundante e "respingue" em todos que estiverem ao nosso redor.


=]

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

...EsPeRanÇa..."EsPeRar CoM ConFiaNça"...

Sim!
EsPeRanÇa é tudo o que tenho agora. Não vejo nada a frente. E quando olho para trás só vejo dor, decepção e frustração. Por isso só me resta olhar para cima. "O céu ainda é azul, há esperança."
Se eu pudesse correr, fugir, me esconder, eu faria. Mas preciso encarar, enfrentar e me posicionar. Sentir dor é inevitável. Já viu um nascimento sem lágrimas? Um parto sem choro?
Todo novo começo requer uma renúncia. Abondonar o 'velho'. Abrir mão do que já foi. Deixar o passado no passado. Isto leva tempo, mas não deve ser protelado.
Somente um posicionamento diante da verdade, por mais difícil que ela seja, pode abrir uma porta onde a dor sai e a esperança entra. Pois se a vergonha for maior que o perdão onde está a GRaÇa?
=]

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

"...Lar DoCe LaR..."

Voltei!
Cheguei em casa na segunda feira dia 26 de outubro às 19:42 horas. Ainda to me recuperando do cansaço e da correria que foi em Minas. Mas aos poucos compartilharei de algumas coisas lindas que vivi naquele lugar.
Um abraço a todos!


=]

domingo, 25 de outubro de 2009

"A" de AgiR, "A" de AmaR, "A" de AbEnÇoaR


Sim! Desejo que estes mandamentos governem meus pensamentos à ponto de se transformarem em atitudes, o amor em ação.
Fiquei pensando em algo especial para esta 50ª postagem do blog. Então comecei a reler as primeiras postagens e poemas... Fui lá no comecinho... No início de tudo. Os textos ainda bem curtos, inseguros, tímidos. Depois, um amadurecimento nas idéias e a participação dos leitores contribuiram para textos mais elaborados e específicos. Tudo foi um processo, são 9 meses de blog, de compartilhar idéias, sentimentos e experiências. Por isso quis falar de algo diferente na postagem de número 50.
Amor!
Sim, foi esta palavra que veio ao meu coração. Em janeiro deste ano, estava vivendo um tempo de refrigério muito grande e desfrutando do amor de Deus. E de certa forma eu queria muito compartilhar o amor de Deus com as pessoas. Mas não sabia como. O amor estava governando meus pensamentos mas não minhas ações.
Foi então que surgiu a idéia de fazer um blog. Era o meu amor a Deus sendo compartilhado com as pessoas, e uma forma de demonstrar meu amor às pessoas contando para elas sobre o amor de Deus. Era o meu amor em ação.
E relendo minhas postagens ficou ainda mais evidente que o amor é um processo. Começa imaturo, medroso, mas vai crescendo, amadurecendo, e principalmente, agindo. O amor também é o que o amor faz.
E hoje, mais do que nunca, desejo que cada palavra que já foi postada aqui neste blog, e que de certa forma abençoou pessoas diferentes em momentos diferentes, se transforme também em ação, em vida, em atitude. Se nestes 9 meses estivemos "gerando" o sentimento amor, então é hora de dar a luz e deixar o amor atitude "nascer", sair do coração e das palavras. Um sentimento pode convencer um coração, mas uma atitude pode mudar uma geração.
Que amar a Deus e ao próximo seja um mandamento que governe nossos pensamentos a ponto de se transformarem em ações práticas e evidentes que abençoem vidas. E que o amor seja a marca em tudo o que dissermos, pensarmos e fizermos.
"Todas as vossas coisas sejam feitas com amor". 1 Coríntios 16.14
=]

sábado, 24 de outubro de 2009

"...MiNaS GeRais..."

Olá pessoal!
Não tenho postado nestes dias porque estou em Santa Luzia - MG.
Vim para realizar algumas provas em relação ao curso que comecei em Julho.
Em breve estarei de volta para compartilhar das maravilhas de Deus.
Saudades!

domingo, 11 de outubro de 2009

"...8 dE OuTuBro De 2009... QuinTa FeiRa"

"Pois é.. minha resposta é 'não'.
Vou dizer não para meus medos.
Vou dizer não para meu comodismo,
meu conforto,
meu egoísmo.
Vou dizer não para mais um tijolo que eu
colocaria no meu muro para afastar as pessoas
e acabar me isolando.
Vou dizer não para meu racionalismo
que diz que não quero
quando na verdade já é diferente.
Então meu não é para mim um 'não',
mas para você é um 'sim'."
=]

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

...MeU CoRaÇãO: "...A TeLa Do ArTisTa..."


Gosto de pintar. Isto definitivamente não quer dizer que sei pintar. Nunca fiz um curso de pintura qualquer, não entendo de técnicas, traços, cor, sombra, textura, enfim todas estas coisas que competem a um bom artista plástico.
Mas, eu gosto de pintar. Gosto de, tentar ao menos, reproduzir numa tela a imagem que se criou em minha mente. Ás vezes fica como pensei, cada formato, cada contorno, cada mistura de cores. Outras vezes, bem... Em outras ocasiões acabo criando uma imagem totalmente inédita ao que foi pensado originalmente. É até engraçado.
Sabe, nosso coração também é como se fosse uma tela. Contudo Deus é o Artista que desenha, pinta e joga na tela as cores que Ele mesmo inventou. Ele quer fazer uma linda pintura... Mas, ah! Como somos resistentes. Queremos dizer ao Artista: "Essa cor não combina! Não gosto desse desenho! Isso vai demorar demais para ficar pronto! Melhor usar aquele pincel! Que contorno é esse? Ah! Isso vai demorar para secar!" E por aí vai. A lista de opiniões não solicitadas é infinita.
Não sei quanto a você, mas meu desejo nestes dias que fiquei propositadamente sem escrever no blog, era descansar para deixar o Artista trabalhar; colorir meu coração.
Sim! Meu coração precisa de muitas cores. Não quero mais relutar e ficar dando palpites incansáveis que não comtribuem em nada. Isto só faz o Artista parar para ficar ouvindo minhas ladainhas, quando Ele deveria estar pintando e eu estar calada.
Por isso, tenho buscado me calar. Mesmo quando parece que não vou gostar do resultado final estou buscando descansar a tela, meu coração, nas mãos do Artista. Quando as pessoas olharem a linda pintura, o plano de Deus, traçado e completo na tela, o meu coração, quero ter o orgulho de dizer: " Viu, só?! Foi Deus quem fez. E Ele fez sozinho, não precisei dar pitacos medíocres."
Que o meu, ou melhor, que o nosso trabalho seja descansar Nele. Pois este sim, é um "trabalho" que vale a pena!



=]

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

"...Um PeDaÇo dE PaPeL..."



Nestes últimas dias é assim que tenho me sentido: como um pedaço de papel, solto, perdido e rasurado. Se cada coisa tem o seu lugar, então há muita coisa em mim que está precisando de um mapa.
Tenho sido confrontada, e tenho me deparado com "fantasmas" do passado. Coisas que, pensava eu, estarem resolvidas. Tudo isso com um pouco de mal estar físico devido à outras dificuldades que tenho. Sem dúvida, um período de crise, provação e deserto onde a única certeza que tenho é que não está tudo bem, mas que tudo está cooperando para o bem.
Sinto-me sem forças e sem fôlego, e por vezes isto é literal. Sinto-me cansada por carregar coisas desnecessárias e por não saber pedir ajuda. Sim, as lágrimas aliviam, ajudam a falar o que minha boca não consegue dizer. Mas, cheguei a um ponto em que preciso parar de chorar, preciso me levantar e decidir o que fazer. Não adianta ficar ao berros como um bebê chorão. Preciso fazer escolhas maduras que só um adulto pode fazer. Afinal, "se gritar resolvesse, porco não morria".
Estou em silêncio para poder ouvir melhor o que Deus quer de mim. Por enquanto estou sem chão, então só me resta voar como um pedaço de papel rabiscado que vai para onde o vento quiser.
Talvez eu ganhe um mapa com um caminho traçado e com direções exatas me dizendo para onde ir ou talvez eu ganhe um mapa do tesouro, nada óbvio, cheio de pistas e mistérios para desvendar.
Seja como for, neste momento eu não vejo além. Vejo o agora. E o agora dói. Sinto a dor mas não deixo de crer. Minha esperança é saber que Deus pode reciclar um papel rabiscado, e pode tranformar um rascunho cheio de garranchos num livro colorido, repleto de poemas, histórias, dobraduras, canções, desenhos e fotografias.
Que seja assim!



=]

terça-feira, 1 de setembro de 2009

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

SimPáTicOs.ApáTicOs.

Meu mundo colorido,
divertido, enfeitado com papel...
...Com cores frias, vazias,
com cheiro de fel.
Meu quartinho
protegido debaixo do teto...
... Minha indiferença,
descrença, meu desafeto.
Minha vidinha feliz,
criativa, especial...
... Tão mediocre, esgoísta,
um desatre total.
Minhas canções,
meus versos, meus poemas...
... Falando de auto-piedade,
dos meus ledos dilemas.
Meu dodói, minha dor,
minha pobre ferida...
... Eu trancada no meu quarto
com pena da vida.
Tem alguém chorando lá fora,
deve ser só o vizinho.
Me encolho na cama e deixo pra lá,
não cabe mais ninguém no meu mudinho.
Tão mediocre, tão idiota,
tão cheia de hipocresia.
Prefiro crer que nada posso fazer
além de cantar e escrever poesia.
=]

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

"...o QuE eScoLheR? ..."


Sim! São tantas opções, tantas informações, tantas direções.
Como saber qual é a escolha certa?
Não sei você, mas eu por muitas vezes me sinto perdida, sem saber para onde ir. São muitas coisas chamando a atenção e tentando conquistar lugar na nossa vida. Mas só encontra lugar aquilo que realmente tem prioridade.
Creio que uma das coisas fundamentais na hora de tomar uma decisão é focalizar onde queremos chegar. Se queremos ir para o sul, não podemos pegar o trem que vai para o norte. Sei que muitas vezes econtraremos ecruzilhadas, é inevitável. Nestas horas outra coisa fundamantal para tomar decisões, é a paz de Deus em nosso coração. Ela é quem deve ser o juiz que nos diz a coisa certa a fazer.
Ás vezes erraremos, somos humanos e falhos. Quando damos ouvidos às nossas próprias vontades, desejos e emoções, estamos ainda mais sujeitos ao erro. Contudo, o erro deve nos fazer crescer e não desistir.
Que estejamos atentos àquilo que Deus tem para nós. Ele se preocupa com nossas escolhas e sempre quer nos ajudar, até mesmo nas pequenas decisões da vida. Nunca deixe de pedir a direção do Pai. Afinal, "aquilo pelo qual não oramos, é o que estamos tentando resolver sozinhos."
Pense nisso!
=]

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

"CéU AzuL" ... cantando o PoeMa...

video

.CéU.AzuL.

"O céu ainda é azul,
há esperança..."
É o que diz a canção.
Assim como a chuva
rega a terra,
as lágrimas regam
o coração.
E mesmo depois
das nuvens cinzentas
o céu permanece azulado,
e sempre permanecerá.
Seja no dia chuvoso
ou no dia ensolarado.
Quem disse que verde
é a cor da esperança
certamente nunca
olhou para o céu
em tempos de descrença.
E nunca reparou
que ele sempre está firme
seja na tempestade
ou na bonança.
Se ainda sonho
é porque entendi
que azul é a cor da esperança!
E quando não puder
ver o céu azul,
não será tempo de
perder a esperança.
Contudo, se não houver tempestades
a terra não florescerá.
Então se hoje chover
continuarei crendo
que o céu ainda é azul
e sempre será!

=]




quarta-feira, 5 de agosto de 2009

"...DeScaNsaR é PreCisO..."


Sim! É preciso descansar!
Não somente o descanso físico, que é tão necessário, e tão protelado também. Mas, falo principalmente do descanso do coração, dos sentimentos, das emoções. Queremos que Deus cuide de nossa vida, de nosso futuro, de nossos sonhos e de tudo que nos diz respeito. Mas não queremos descansar Nele e confiar que Ele está realmente cuidando de tudo.
Pelo contrário, nos vemos desesperados e desesperançados até, quando percebemos Deus nos guiando por caminhos que parecem não ser os caminhos óbvios e lógicos pelos quais Ele deveria nos guiar. Sim, pois em nossa mediocridade, sempre queremos dar uma "ajudinha" pra Deus: "Veja, é melhor por ali", "Por que não seguimos por este caminho?", "Esta estrada tem muitas pedras, tem certaza que isto é o melhor?". Indagações, perguntas, dúvidas. Descansar em Deus pra quê, né? Só nos resta abrir mão do nosso "jeitinho".
É possível sim descansar Nele. É preciso sim acalmar nossas emoções e nos aquietarmos no aconchego dos braços do Pai. Tudo o que Ele pede é que confiemos em Seu amor. Falar é fácil, fazer é possivel!
"Lancem sobre Deus toda sua ansiedade, porque Ele tem cuidado de vocês."
1 Pedro 5.7

=]

domingo, 26 de julho de 2009

.SeR.Ou.FaZeR.HuMaNo?

O ser humano se tornou
um fazer humano
Que faz, faz, faz…
E de tanto fazer
se desfaz
Se tornou máquina,
meta, deveres a cumprir
Apto para fazer, desfazer,
prever e prevenir
Vive como se fosse
um robo bem entendido
Quando na verdade
é um ser humano vivendo sem sentido
Caminhando para um vazio
Vivendo por um fio
Uma engrenagem
cheia de ferrugem
que funciona só por existir
Sem entender que há algo
além do fazer:
Que é viver, amar e sorrir!
=]

quinta-feira, 23 de julho de 2009

"...ObRiGaDa, DeUs!!! ..."


A-M-I-G-O-S
Ás vezes é díficil falar a verdade. Mas com os verdadeiros amigos não podemos ter segredos. Ás vezes não conseguimos chorar. Mas com os amigos não precisamos conter as lágrimas. Ás vezes tudo parece mais difícil. Mas com os amigos não precisamos ponderar o pedir ajuda.
Neste post somente quero agradecer a Deus por me dar amigos verdadeiros. Que se preocupam. Que cuidam. Perdoam. Insistem.Investem.
Durante muito tempo eu fui superficial. Achava que era intensa e verdadeira. Mas na verdade, eu era vazia, triste e só. Fechada naquele mundinho escondido dentro de mim. E eu era tão solitária lá. Mas um dia fui confrontada. Alguém não se conformou com minha superficialidade e com minhas palavras rasas. Um dia algúem insitiu. Não desistiu. Perseverou. Meu mundo ficou pequeno demais para suportar todas as pessoas lindas que começavam a fazer parte de minha vida.
Abri as portas e saí. Ás vezes os limites que colocamos ao nosso redor, não nos protegem, simplesmente nos isolam.
Hoje, tenho amigos verdadeiros. Porque eu me dispus a ser uma amiga verdadeira também. Não quero desistir das minhas amizades, mas escolho insistir naqueles que Deus me deu. Amigos são realmente um presente de Deus.
Obrigada, Papai!
=]

segunda-feira, 6 de julho de 2009

"...É PrEciSo PaRaR..."


Nada como o pôr do sol.
Um rápido espetáculo para os que estão realmente atentos. Precisamos parar. Parar para observar, estar em silêncio.
Quando Jesus foi a casa de Marta e Maria, elas tiveram atitudes bem diferentes. Marta recebeu Jesus e se aproximou Dele para reclamar da falta de ajuda de Maria. Maria, parou, assentou-se perto de Jesus e ouviu suas palavras. Estamos ansiosos e ocupados com tantas coisas, mas somente uma delas é realmente necessária.
Parar. Parar para ouvir. Parar para refletir. Parar para observar. Afinal, nada como o pôr do sol. Quanto tempo faz que você nao admira o céu e a beleza do sol se pondo?



=]

segunda-feira, 29 de junho de 2009

.CoLcHa.De.ReTaLhOs.


Dizem que a vida é como uma colcha de retalhos. Feita de padaços, de detalhes, de partezinhas. A vida é feita de coisas pequenas que fazem dela algo grandioso!
Um abraço, uma conversa sincera, um café da manhã, uma toalha emprestada, um choro que não precisa ser reprimido, uma palavra de encorajamento... Coisinhas que, compartilhadas com quem amamos, tornam nossos dias verdadeiros presentes, surpresas maravilhosas!
Todos constroem sua própria colcha de retalho. Cada um tem o direito de fazer uma. Uma só. O que se costura, está costurado. Nenhuma colcha é igual a outra. Cada uma é única. Mas, como a colcha é feita de pedaços, de pequenos retalhos, podemos dar, trocar, repartir, presentear nossos retalhos. Assim nossa colcha é feita de pedaços de retalhos dos outros.
Uma colcha de retalhos não é feita de um pano só... Para ser de retalho precisa do pedaço de pano de cada um. Assim também, construimos nossa vida. Mas ela só fica realmente bela quando tem um pouquinho dos outros, um pedacinho de cada um. Partes coloridas daqueles que amamos!



=]

pOeTizAnDoOoOo

Te abraço
bem apertado.
Quando você foi logo ali,
demorou.
Para mim,
demorou muito tempo.
Mas quando
você voltou,
depois daqueles
três dias,
eu também
pude voltar.
Voltar pra casa.
Voltar a ser
livre e feliz.
Voltar a te abraçar
bem apertado.
Gosto de todas
as cores
lindas que
você fez,
mas foi
o vermelho
que salvou
minha vida.
=]

"...EnTreGa...e nada mais"

Sempre relutamos. Nossa vontade parece ser a mais sensata. Nosso jeito parace o melhor. Sempre relutamos com aquilo que nos obriga a abrir mão de nossos direitos.
Nestes últimos dias, relutei. Não queria entregar, confiar, descansar. Queria fazer do meu jeito e realizar um sonho que tenho há muito tempo a qualquer custo. Mas fui confrontada. Sabia que precisava abrir mão, não do sonho em si, mas da vontade de fazer as coisas a minha maneira, no meu tempo.
Por fim, mesmo relutando, decidi entregar a Papai "meu sonho precioso". Nesse tempo um amigo enviou pra mim uma canção da Heloísa Rosa que descreve muito bem o que eu estava vivendo naquele momento, a letra da música veio ao encontro do meu coração e fui confrontada mais uma vez. Esse sonho ainda arde em meu coração, não desisti dele. Mas, abri mão da minha vontade, de fazer do meu jeito. No tempo de Deus e à maneira Dele será muito melhor. Posso confiar, pois o meu trabalho é somente descansar Nele.
Enquanto a entrega não for definitiva, sempre relutaremos. Nossa vontade própria grita, mas quando Deus fala ela precisa se calar. Se for pra relutar que seja somente contra toda relutância.
((( "Vaidade" a música que tanto falou comigo)))
=]

domingo, 28 de junho de 2009

"...SanTa CaTaRinA..."

Olá, pessoal!
Estou novamente em Santa Catarina. Depois de 22 dias em Minas Gerais, volto pra casa com muita alegria e gratidão no coração por tudo o que Deus fez nestes dias em minha vida.
Já estava com muita saudade de postar no blog. Agora estou de volta para compatilhar algumas coisas lindas que vivi neste tempo. Continuem acompanhado. Publicarei algumas fotos também. Um abraço a todos!

terça-feira, 16 de junho de 2009

"...MiNaS GeRaiS..."

Olá pessoal!
Nestes últimos dias nao tenho postado poque estou em Santa Luzia, Minas Gerais, para resolver algumas coisas de um curso que farei. Este tempo tem sido de muita entrega e confianca em Deus, e também de muito corre corre, sao as burocracias.
Assim que voltar para casa postarei com regularidade novamente. Estou com muita saudades! Um abraco a todos!

=]

sábado, 30 de maio de 2009

.mEu.CoRaÇão.EsTá.GriTanDo.

Ás vezes o coração grita
de solidão
de alegria
de amor
de saudade.
É um grito que ninguém ouve....
mas que está sempre com você...
dentro de você...
Um grito no silêncio
Um girto sem som
Sem eco
Somente um coração que grita
De solidão
de alegria
de amor
ou de saudade.
=]

terça-feira, 26 de maio de 2009

"...ComParTiLhaNdO o QuE TeNhO ReCeBidO..."

Este fim de semana estive num trabalho de evangelismo chamado "Xtreme Day" (Dia Extremo). É um evento promovido na cidade de Barra Velha, que visa levar ao bairros da cidade trabalhos infatins, como teatro, música, fantoches, brincadeiras, e palestras para os adultos, bem como atendimento médico e estético. Fui convidada por uma amiga, que é uma das idealizadoras e organizadoras do evento, para participar na área infantil durante a tarde, e na parte da noite para apresentar um monólogo para os adultos.
Foi realmente maravilhoso. Havia aproximadamente 150 crianças. Fizemos teatros, cantamos, brincamos. Realmente exaustivo e recompensador. A noite, com o monólogo "Confesso", também foi muito lindo e impactante.
Esse evento acontece 1 vez por mês em bairros diferentes da cidade. Já participei dos dois que foram promovidos. E sempre me alegro muito por estar no meio daquelas crianças dando um pouquinho de mim, e também porque sei que cada família que é alcançada será cuidada e acompanhada. Elas não caminharão sozinhas mas terão a cobertura do discipulado.
Compartilho com vocês algumas fotos! E oro para que cada um de nós se sinta motivado a usar nossos talentos para abençoar e servir as pessoas que estão a nossa volta. Ás vezes o pouco que podemos dar é o tudo que as pessoas precisam receber!


(((Eu como a palhacinha LiLiTa)))


(((Apresentando a peça "VoCê QuEr MeU cOrAÇão?")))

(((Equipe de trabalhos infantis)))



=]

segunda-feira, 18 de maio de 2009

.Um.NoVo.AMaNhEceR.

Vi meus sonhos perdidos ali
diante de todos que me desprezavam
Não parecia haver esperança,
nem sorrisos,
nem palavras brandas.
Tudo era somente ilusão
Chorei,
me perdi,
sozinha então adormeci
Num sussurro qualquer
a noite me cobriu.
Foi quando surgiu
um novo amanhacer
Tão tímido e só
O despertar de um novo dia
Uma fagulha de esperança
Tão pequena,
mas aqui em meu coração.
Juntei meus pedaços de sonhos
Os envolvi em um abraço
Respirei fundo
E me enchi de fé
Pois se tenho vida
ainda posso lutar
Agradacer e escolher:
renunciar e adorar!


=]

sábado, 9 de maio de 2009

"... a VidA por uma eTerNidAdE..."

Essas duas últimas semanas (27 de abril a 7 de maio) tudo foi muito corrido! Hoje é aniversário de uma amiga muito querida, e estive preparando uma surpresa pra ela. Ela mora longe e tudo foi enviado pelo correio, por isso a correria, tudo tinha que ficar pronto na hora certa.
Entre tantas coisas que fiz para ela com muito carinho, o cubo foi a que deu mais trabalho. Fiz cada cubinho separadamente, fiz os moldes e as medidas tinham que ser exatas, mas no terceiro tudo já estava meio torto. Depois recortei, colei, fiz os desenhos, recortei de novo, colei de novo e plastifiquei. Foram algumas horas empenhadas nisso para, no máximo, 45 segundos (ou menos) de "diversão".
Daí fiquei pensando... tantas horas de empenho para algo tão rápido. Além do cubo outras coisas me vieram a mente: para fazer um bolo também precisamos de algumas horas, e em alguns minutos ele se vai. Um trabalhador trabalha meses para alguns dias de férias. Uma festa de casamento, precisa de meses de antecedência para ser organizada e preparada, para somente, uma noite de comemoração. E os exemplos são muitos para serem citados. Muitas coisas têm um tempo de preparação tão longo para ser desfrutado em pouco tempo. Parace até um pouco injusto não é?
Mas, existe algo, que o tempo de aproveitamento é muito maior que o tempo de preparo. Na verdade é algo que precisa de tanto tempo para ser desfrutado, que o "tempo" em si não é suficiente. Por isso só a eternidade pode comportar algo tão lindo, sublime e maravilhoso.
Estar com Cristo para sempre e desfrutar de uma vida plena com Ele requer uma vida de preparo, empenho e dedicação. Mas depois, o tempo de aproveitamento é recompensador. Não simplesmente por ser eterno, mas por ser prazeroso. Já pensou? Estar com Alguém, que você ama e que te ama muito, pra sempre. É como o bolo que nunca acaba, as férias ilimitadas, e a festa de casamento sem fim. Uma vida de esforço, entrega e preparo, por uma eternidade de regozijo, comunhão e plenitude, é um empenho que simplesmente vale a pena!
(((o cubo mágico "amo você": muito empenho e esmero!)))
=]

terça-feira, 5 de maio de 2009

"...O qUe VoCê QuEr aFiNaL???..."

Meu sobrinho chegou perto de mim colocou o dedo na bochecha dele e disse: "Aqui ó, tia, pinta um 'folguinho' aqui." Matheus, de 5 anos de idade, é meu sobrinho mais novo. Certa noite ele chegou no meu quarto pedindo para eu pintar um 'folguinho' no rosto dele. Minha cara foi de estranheza: "Um folguinho?!" Mesmo não entendendo o que ele queria dizer, eu tirei minhas conclusões: "Ele deve estar querendo que eu desenhe um 'foguinho', uma chama, ou algo assim no rosto dele." Pensei eu com meus botões e zíperes; e pensei errado.
Não são poucas as vezes que falamos uma coisa e as pessoas entendem outra. A Bíblia fala em Tiago 4.3-4 que "Pedis, e não recebeis, porque pedis mal..." Muitas vezes não somos entendidos porque não estamos falando corretamente. Precisamos aprender a falar claramente o que queremos e o que não queremos. Deus quer que compartilhemos nossos desejos com Ele, sem esquecer de nenhum detalhe. Pois mesmo que alguma palavra seja dita errada, Deus não é como a "Tia Adi", Ele vai entender tudo o que está em nosso coração. Então se for pra pedir algo que façamos direito: com objetividade e muita humildade. Pois Deus nos dará o melhor!
Por fim, eu perguntei para o Matheus: "Querido o que é um 'folguinho'?" Ele suspirou, foi até o guarda-roupa e apontou para o chaverinho pendurado na porta: "É isso aqui ó, tia!" Tudo o que eu pude fazer foi cair na risada.

((( E aí está o golfinho, ou, o "folguinho" do Matheus)))

=]

quarta-feira, 29 de abril de 2009

"...DiFeReNtEs AbeNçOaDoReS..."

Ao que parece, não existem somente críticos "do diferente", do incomum. Existem aqueles que entendem e aceitam as diferenças dos outros. Não recriminam mas apoiam. E por isso acabam sendo também "diferentes" num mundo de iguais. Existem pessoas que abençoam tanto e em tantos detalhes!
Aí estão as palavras de uma dessas pessoas:

"Adelita!
vc me abençoa muito
gosto das suas viagens
pq compro as mesmas
passagens,
gosto dos seu caminhos
pq ja passei por eles,
e outros ainda vou passar.
Se vc vive num mundo
eu acho bem parecido com o meu,
seus pensamentos tocam os meus
e chegam bem mais perto
que qualquer ser "normal" possa chegar!
De alguma forma
vc consegue pregarrrrrrrrrrrrrrrrrr,
pq traz reflexôes para a alma!
Vc é muito de Deus menina borboleta"
(((Ecleyse Lisboa, em 29.04.09)))
=]

terça-feira, 28 de abril de 2009

"...DiFeReNtE..."


Hoje pintei uma borboleta no rosto. E sabe o que mais ouvi? "Por que você fez isso?" Engraçado como as pessoas não estão habituadas ao incomum. O diferente sempre tem que ter uma explicação. O novo sempre tem que encontrar guarida no pré-conceito das pessoas. Somos diferentes uns dos outros, e entender isso deveria ser sufciente para simplesmente aceitarmos as diferenças. Mudanças e atitudes diferentes são necessárias mesmo com tantos "porques".



=]

quarta-feira, 22 de abril de 2009

"...o pRoPóSiTo para O qual fUi cRiAdA..."

(((minha mãe gRáVida de 7 meses, e eu na BaRRigA dela)))
Podemos amar alguém que nunca vimos o rosto antes? Sim! Parece muito estranho, amar alguém que você nunca viu, que você não conhece os sonhos que têm, os gostos que têm, as vontades que têm. Mas se pararmos para pensar nisso veremos que é exatamente o que acontece com os pais que estão ansiosos esperando a chegada de um bebê. Eles nunca viram o rosto do filho ou filha. Não sabem se é perfeitamente saudável. Desconhecem a cor dos olhos e cabelo. Não sabem as escolhas que ele ou ela vai fazer na vida. Mas eles amam aquela pessoinha que não conhecem e nunca viram antes. Por quê? Simples. Porque aquele "serzinho" é seu filho ou filha. E isso é suficiente para um pai e uma mãe amarem seu bebê.
E porque estou falando tudo isso? Bem esses dias estava eu batendo um papo da hora com Deus e perguntando para Ele porque Ele me ama tanto. "Como podes, Deus, me amar assim? Faço tantas coisas erradas, sou tão teimosa, e ainda assim me amas. Por quê?"
Então Deus foi me mostrando algumas coisas e fui entendendo um pouco esse lance de amor de pai. Se um pai e uma mãe amam seu bebê que nunca viram, pois ainda vai nascer, imagina então quanto mais Deus ama seus filhos e filhas que Ele mesmo fez e formou, e sondou, e sonhou? Se os papais terrenos, cheios de falhas, erros, e imperfeições conseguem amar seus bebezinhos mesmo eles não tendo feito nada para merecer isso, simplesmente porque são seus filhos; quanto mais o Papai do Céu, que é perfeito, paciente e amoroso, não vai amar seus filhinhos e filhinhas que Ele mesmo fez e concebeu em seus própositos?
Foi então que meu papo da hora com Deus, que começou com perguntas, terminou com muito mais que uma resposta, mas sim com regozijo por entender, dentre tantos, o principal propósito para o qual fui criada. Deus me ama, não porque faço isso ou aquilo, porque sou talentosa ou habilidosa, ou por qualquer coisa aparante que levaria uma pessoa a amar a outra. Ele me ama simplesmente porque sou sua filha. O maior propósito da minha existência é ser amada!
Entender e viver isso é libertador e simples desse jeito!




=]

quarta-feira, 15 de abril de 2009

"...Eu Me ReNdoOoOo!..."


Dia desses lendo o blog de um amigo meu, me indentifiquei muito com suas palavras. Ele falava da dificuldade que ele tem de se render aos cuidados de Deus no dia a dia. Fui muito confrontada mais uma vez. E gostaria de compartilhar algumas coisas que me vieram ao coração. Pois eu confesso também a minha dificuldade em render-me totalmente.
Bem, preciso a cada dia enfrentar essa luta e render minha mente, minhas emoções, meus sonhos, e tudo o que tenho e o que há em mim a Deus!
Quantas vezes quero respostas, ou certezas, quantas vezes quero me render à duvida e à incredulidade.Então tenho que parar e lembrar da cruz, lembrar dAquele que venceu a morte e se rendeu a vontade do Pai.
Tenho aprendido a me render todo dia! Todo dia e o dia todo! E quando penso em tomar as rédeas da minha vida por medo de escolher a vontade de Deus, lembro que, assim como meu pai carnal sempre trará meu chocolate preferido, meu Papai eterno nunca me dará menos que o melhor!
Pois que pai daria pedra se o filho pedisse pão, ou daria serpente se o filho pedisse peixe, ou daria escorpião se o filho pedisse ovo?! Se ainda assim algum pai fizesse isso, Deus, nosso Pai eterno jamais o faria.
Ele me(nos) ama, e ao render minha vontade à vontade Dele, tenho a garantia através do sangue de Cristo, que desfrutarei do melhor de Deus para mim. Muitas vezes, mesmo sem crer, sem descansar, sem me render e sem confiar eu escolho crer que em Deus tudo é possível, escolho descansar enquanto Ele trabalha, escolho render minha vida a Ele, e, o mais importante, escolho confiar em Seu amor.
A cada dia render-me à verdade de que Deus me ama tem sido meu maior desafio, mas também, minha maior recompensa!
Por isso, Eu Me ReNdO!
E você?!
=]

sábado, 11 de abril de 2009

.DoMinGo.

É domingo de manhã
O terceiro dia trouxe à tona
a grande verdade
de que a morte não pôde contê-Lo
Um sepulcro não foi suficiente
para detê-Lo
Nem homens armados
nem mandantes de crime
nem sentença de morte

Nada pôde impedi-Lo
nem o “lavo minhas mãos”
nem o grito da multidão
nem o beijo da traição

Nada foi suficiente
Nada pôde segurá-Lo
Nada
Nada
Nada
Procure em Seu túmulo
e Ele não estará lá

No terceiro dia Ele ressuscitou
como prova maior de Seu amor
Agora Ele vive em nós
E todo dia é domingo de manhã.


11.07.2008

"... pOrqUe ELE viVe ..."


No terceiro dia Jesus ressuscitou!
Sempre penso que o nascimento (Natal), não teria sentido se não fosse a morte e ressureição (Páscoa). Se Cristo não tivesse ressuscitado não haveria razão na nossa fé. Creríamos em um deus morto, frágil e incapaz. Contudo, podemos ter uma esperança viva e segura. Pois assim como morremos a morte de Cristo, renunciando ao pecado, temos a alegria de viver Sua vida, e a certeza de com Ele reinaremos em glória! Amo pensar em Sua morte, em Seu sacrifício. Amo pensar no terceiro dia, naquele domingo de manhã. Amo pensar em Sua entrega, Sua obediência, Seu amor.
Não sei porque Deus nos amou (e ama) tanto assim. Mas sei que Ele se entregou até a morte para que esse amor fosse acessível a toda humanidade. Agora temos livre acesso ao Pai; ao amor do Pai, ao colo do Pai, ao perdão do Pai. Por que Jesus foi crucificado? " Jesus morreu por todos para que aqueles que vivem, não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou." 2 Coríntios 5.15
Ele morreu por nós, e tudo o que Ele quer, é que vivamos para Ele. E isto é nosso ato de entrega, obediência e sacrifício. E esta é nossa esperança, por quê? "Porque EU SEI que o meu Redentor vive, e que no fim se levantará sobre a Terra!" Jó 19.25

=]


quinta-feira, 9 de abril de 2009

"...lembrandoOoOo ( e fazendoOoOo ) ... AqUiLo qUe mE Dá EsPeRaNçA..."

Quando tinha 7 anos, eu não imaginava que um dia teria um telefone só pra mim e poderia levá-lo para onde eu quizesse. Na infância eu me contetava em somente escrever cartinhas e brincar de "aulinha" com minhas bonecas. Os dias pareciam mais longos. As brincadeiras mais divertidas. Todos os adultos pareciam sorrir pra mim. "Ser grande" parecia algo tão distante e tão difícil de chegar. Mas chegou. E agora, tenho um telefone só pra mim. O tempo é curto demais. Os problemas muito complicados e as pessoas...mais ainda. Tudo parece ter um alto teor de irritabilidade. As conversas são chatas. Os afazeres cansativos. Os dias enfadonhos. Tudo é muito pesado, muito difícil, muito estressante. Quando, em minha memória, volto aos 7 anos, lembro do que me dava esperança e do que enchia meus dias de alegria: uma caixa de lápis de cor bem colorida, para fazer cartinhas e desenhos "pro pai e pra mãe". Não que não seja bom ter ambições e anseios maiores, mas, na maior parte tempo, eu, particularmente, preciso e quero voltar a simplicidade. Sorrir para os estranhos, fazer mais gracinhas, lambuzar os dedos com brigadeiro, falar com os bichinhos. Precisamos voltar àquilo que nos dá esperança; voltar a lembrar e a fazer. Talvez, para isso, algumas renúncias sejam necessárias, como desligar um pouco o celular enquanto escrevo uma cartinha ou faço um desenho bem colorido "pro pai, pra mãe" ou pra quem me vier à memória. Sim! Uma vida simples assim!


=]

terça-feira, 7 de abril de 2009

.jOnAs.ou.eU.?.

Jonas indiferente, consciente
do erro, do pecado, do perdão
JONAS FUJÃO
Jonas no porão dorme tranquilo na turbulência,
tentando esquecer sua essência
se esconde no breu.
Chego mais perto e vejo ao certo:
NÃO É JONAS, SOU EU!

Jonas aturdido, engolido
pelo grande peixe no mar
JONAS SEM AR
Jonas que clama e é vomitado à beira-mar,
Jonas na praia, sujo e ao léu.
Chego mais perto e vejo ao certo:
NÃO É JONAS, SOU EU!

Jonas profeta, que decreta:
o arrependimento e a salvação
JONAS GRITANDO
pelas ruas de Nínive anunciando
o juízo do céu.
Chego mais perto e vejo ao certo:
NÃO É JONAS, SOU EU!

Jonas irado, indignado
pois Deus ouviu do povo o clamor
JONAS SENTANDO
debaixo da planta, protegido do calor.
Jonas que se esquenta, e por isso lamenta
a planta que o bicho comeu.
Chego mais perto e vejo ao certo:
NÃO É JONAS, SOU EU!

Jonas egoísta, com medo de amar
Jonas que prefere ser lançado ao mar.
Jonas que no ventre do peixe encontra redenção
Mas que não quer para os outros a salvação.
Jonas que não lamentaria
a morte de tanta gente
Jonas que pregou, mas não creu.
Jonas que não se arrepende,
mas continua indiferente:
ESSE JONAS SOU EU!


04.09.07