segunda-feira, 4 de março de 2013

"...PáSsaRo aLaRanJaDo..."


"Pássaro, estás passando por tudo isso. E ainda sorris. Obrigada por comprar a briga e guerrear comigo até o fim. Sabes que eu já tinha desistido. Mas o confronto foi necessário. Lágrimas ainda caem. Mas os sorrisos são mais frequentes também.
Pássaro, as coisas já estão bem melhores, não é? Os primeiros dias foram mais difíceis. No começo a gente tem medo de voar. Quando a gente fica preso por muito tempo, acaba ficando com medo de ser livre. Mas não é vergonhoso ser aquilo que nascemos pra ser, não é verdade?
Obrigada, Pássaro Alaranjado! Estamos passando por tudo isso enquanto você dirige e eu troco as marchas, enquanto eu coloco os pés na janela e você toca violão, enquanto caminhamos e Ele cuida de nós."

Carpe Diem!