domingo, 30 de setembro de 2012

.poema.

Sim!
Para ter algum alívio?
Se machucar ainda?
Não, jamais!
Se sentir livre?
Onde está a esperança?
Ela se perdeu.
Mas não morreu,
se machucou
para ter alívio. 
Esperou
mudanças, 
Conseguiu
não
morrer.

(2509012)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

"...AmA TeU PróXiMo CoMo a Ti MeSmO..."


O que dizer quando uma pessoa erra com você constantemente, mas ainda assim você acredita e confia de novo e a pessoa falha de novo e falha pior? 
Como instruir uma pessoa que quer vencer e não mais fraquejar, mas que alega não conseguir, não ter forças pra fazer o que sabe ser o certo?
O que fazer quando uma pessoa te fere de muitas formas, te machuca, te causa feridas e dor e, pior, quando ela está consciente que está fazendo isso e não para?
Como olhar nos olhos de alguém assim? Como conviver com alguém assim? Como amar alguém assim?


domingo, 16 de setembro de 2012

"...SoL BriLhanTe..."


Agora estou ouvindo uma canção que diz "...ainda que me canse, correrei... Ainda que com lágrimas, colherei... Ainda que não me livres da fornalha, adorarei...". E eu poderia continuar dizendo "...ainda que sem entender, prosseguirei... Ainda que sem ver, crerei... Ainda que triste, viverei." Morrer, não. Viver, sim.
Porque a vida não é apenas "não morrer". Viver é mais que isso. Tem que ser... Viver é se dar a oportunidade de ser livre. Livre de todas as tristezas... amarguras... dores do passado... Verdade: nada pode mudar o passado. Amar e perdoar sempre, não muda o passado, não muda o que foi, o que doeu, o pior.
O passado não muda... Mas o futuro pode sim ainda ser mudado diante das decisões de hoje.
O hoje nos dá o presente de fazermos escolhas melhores agora. O agora nos dá o presente de escolhermos um hoje melhor.
Um hoje em que amar e perdoar sempre, seja nossa escolha. Não pra mudar o passado. Mas pra mudar a forma com que nos relacionamos com o passado e pra darmos uma chance pro futuro.
E eu poderia continuar dizendo "...ainda que requer renúncia, perdoarei.... Ainda que exige posicionamento, amarei... Ainda que caindo, errando, falhando, prosseguirei." Pois em cada hoje escolho prosseguir só mais um hoje.
Amar e perdoar sempre, muda o futuro.
Carpe Diem!

terça-feira, 11 de setembro de 2012

"...Por FaVor..."


Não estou apenas descalça. Estou sentindo o formato pontiagudo das pedrinhas sob meus pés. A sensação é incômoda e ao mesmo tempo satisfatória. É ruim e bom ao mesmo tempo. É como se a dorzinha causasse o desejo de sair dali, o desejo de mudança, de procurar um gramado macio.
É estranho como algumas coisas que nos causam dor também nos fazem bem. Ás vezes a gente tem que fazer com que aquilo que nos machuca nos leve para algo melhor onde viver de sofrimento não seja uma opção e se ferir ainda mais não seja uma escolha.
Se for preciso, peça ajuda antes que seus pés comecem a sangrar.
Carpe Diem!

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

"...QueRo SeR ExTraOrdiNáRia! ..."


Sim, confesso. Quero ser extraordinária. Mas e se eu for só mais uma pessoa comum? Querendo um lugar comum, um afazer comum, uma vida comum? E se eu quiser ser apenas mais uma pessoa comum fazendo o que todo mundo faz, comprando o que todo mundo compra, indo aonde todo mundo vai?
E se eu acabar sendo apenas mais um produto do meio, resultado do sistema, fruto do "sempre foi assim"? E se eu achar normal não ter sonhos, e mais normal ainda não querer realiza-los? E se eu for só mais uma pessoa comum que quer ser diferente, invejando um outro que também é comum e querendo ser como ele é?
E se eu me contentar em ser só mais uma e não ver mal algum nisso? E se eu não cumprir meu propósito e achar que está tudo bem? E se eu forçar ser alguém que não sou, sendo ainda mais comum por um esforço insano?
Então, por favor, me lembre que quero ser uma pessoa extraordinária e pessoas assim não se conformam em não ser aquilo que nasceram pra ser. Ainda que sempre no anonimato, pessoas extraordinárias existem. Ainda que pareçam comuns, pessoas extraordinárias não passam despercebidas diante da vida. Elas choram como todo mundo. Riem como todo mundo. Mas a maneira de viver contagia quem passa por elas.
E quando você marca uma pessoa de forma positiva, sendo apenas quem você é, vivendo com gratidão a vida que tem, compartilhando seus dons, caminhando com alegria seu caminho, sendo livre em ser você, então prossiga. Geralmente pessoas extraordinárias não sabem que o são.
Ainda sou comum, confesso. Mas, estou buscando não me conformar e ser o melhor que uma pessoa comum, como eu, pode ser.
Carpe Diem!

sábado, 1 de setembro de 2012

.poema.

"
"Um passo, depois outro, um banquinho pra descansar,
eu chego no fim do caminho mas a vida é desfrutar.

Desfrutar as pedras, as curvas, o estreitar da estrada,
o desconhecido e o novo que surgem na caminhada.

Sigo meu próprio rumo, a trilha do meu viver,
pois o caminho que é meu só eu posso percorrer.

Se encontram estradas, se cruzam caminhos,
revendo amigos, fazendo vizinhos.

E quando eu canso, não desisto, apenas paro pra descansar,
pois a vida se faz a cada passo e meu caminho é caminhar."