quinta-feira, 18 de abril de 2013

"...AuSênCia cRiaTiva?..."


As ideias não vem, não fluem. Me sinto contra a parede, imobilizada. Me sinto estagnada como um poeta diante de um papel em branco desejando manchá-lo por uma palavra qualquer.
Mas a única presença é a ausência de algo concreto. Dar tempo para algumas sementes maturarem é preciso. Contudo, às vezes, é desesperador.