quinta-feira, 24 de novembro de 2011

"...aQueLe BeijO..."

Pensei em escrever algo bem bonito para o dia de ação de graças. Mas nada me ocorreu. Então contarei algo que aconteceu comigo hoje. Um homem mandou um beijo para mim. É raro esse tipo de coisa acontecer comigo, ainda mais vindo de um homem como aquele.
Saí rapidamente do carro da tia que deu uma carona. Corri até o ponto de ônibus pois o ônibus que eu queria pegar vinha logo em seguida. Mas antes, o ônibus da Apae parou e entrou uma menina nele. Todos lá dentro começaram a bater palmas e gritar cheios de empolgação. Achei maravilhosa aquela recepção. Fiquei observando a menina que foi até o motorista para cumprimenta-lo. Foi então que percebi que outro homem me observava sorrindo.
Ele tinha Sindrome de Down e deveria ter vinte e poucos anos. Estava com o rosto bem junto ao vidro da porta da frente. Quando meu olhar encontrou o dele
"uau"! ele sorriu ainda mais e acenou para mim freneticamente. É óbvio que eu sorri também e devolvi o aceno com a mão. Ele ficou ainda mais empolgado e levando a palma da mão à boca me mandou um beijo. Eu fiquei maravilhada com a espontaneidade dele e levando a palma da minha mão à boca devolvi muitos beijinhos. Acredito que se ele pudesse teria saído do ônibus para me abraçar, pois ficou tão emocionado que vibrava dando pulinhos, ele não se acreditava que eu havia correspondido seu carinho. E eu estava realmente feliz com aquele beijo.
Tudo isso aconteceu tão rapidamente que quando dei por mim o ônibus dele já tinha partido, e eu ainda estava com um sorriso de alegria tão grande no rosto que quase esqueci de entrar no meu ônibus.
Recebi um presente inesperado, de alguém que não conheço e me senti tão cuidada e amada. São essas surpresinhas do dia-a-dia que me fazem tão grata. Por isso rendo graças todos os dias.
Queria escrever algo bonito hoje e no fim das contas acho que consegui. Não por minhas palavras, mas por causa da beleza do beijo que aquele homem me mandou. Aquilo sim é que foi belo e preencheu mais ainda meu coração de gratidão.

=]

7 comentários:

  1. Simplesmente lindo. E ainda mais bonito é seu olhar poético sobre esse encontro de olhares. Emocionante.

    ResponderExcluir
  2. Sabe Adelita ... com essa correria frenética em que vivemos , muitas vezes perdemos ou deixamos de viver ... sentir e provar coisas simples mais tão extraordinárias que a vida nos reserva.Belo Post!

    ResponderExcluir
  3. Como eu sempre digo, as melhores coisas da vida não podem ser pagas.

    ResponderExcluir
  4. Eu vibrei lendo seu post, parecia imaginar a cena... linda e cheia de emoção e mais ainda por sua gratidão, pelo lindo gesto de uma pessoa que você não conhece e te fez sentir tão feliz e importante... isso vale a pena!!! Bjos prima!

    ResponderExcluir
  5. Guilherme Gonçalves Velho25 de novembro de 2011 16:53

    Isso tem um nome: Graça de Deus.

    ResponderExcluir
  6. É isso aí Ade...
    O ordinário mudando nosso viver...
    E foi tão fera q. até a gente lendo acha graça e rí...
    Fera mesmo...
    Olha saudades viu?
    Deus te abençoe minha amiga...


    Até a próxima.........................

    ResponderExcluir