segunda-feira, 8 de novembro de 2010

"...iuPiii!...Ele mE aMa!!!..."


Aí está um pedacinho do meu local de trabalho: a sala de aula. Como muitos sabem, sou professora de educação infantil. Meus ilustres alunos-cabecinhas-pensantes têm 2 anos de idade. Cada dia de trabalho é uma aventura, cheia de desafio e descoberta, para eles e para mim.
Entre tantas coisas que me fascinam nos meus alunos uma delas é a falta de preocupação em acertar. Isto não quer dizer que eles não tentam, não choram até que consigam algo, e que não queiram aprender. O que quero dizer é que eles não ficam preocupados, não ficam se remoendo, não passam noites em claro pensando naquilo que não fizeram direito, não se cobram, nem se culpam. Eles apenas perseveram. E ninguém precisou lhes ensinar isso, porque eles simplesmente não estão preocupados em acertar tudo para agradar alguém.
Eu entrego o papel e o giz de cera e explico: "Vamos desenhar círculos, fezendo voltinhas assim igual uma bola." E eles fazem do jeito deles. Depois perguntam: "Tá bonito profe?" Mas não esperando uma aprovação, eles simplesmente querem um consentimento para deixar a "hora da atividade" e partir para a brincadeira. Porque eles sabem que a "Profe Ade" vai ficar super orgulhosa e pendurar tudo no "Mural de Artes" de um jeito ou de outro. Para as crianças isso basta.
Não sei em que momento exatamente perdemos essa despreocupação e ficamos atordoados com as técnicas, formas, teorias e métodos. Não que isso seja errado, o errado é ficar preocupado com isso, andar ansioso por conta disso, cobrar de si mesmo uma perfeição inatingível.
Porque para Deus sempre seremos seus filhos, independente de erros e acertos.
E como todo pai orgulhoso, Ele simplesmente pendurará nossos rabiscos, que chamamos de desenhos, na parede e dirá orgulhoso para quem quiser ouvir: "Foi meu filho(a) que fez!"
Como não se sentir seguro com um Pai assim?
Concluo com as palavras do poeta Davi, desejando profundamente que hoje descansemos no amor dAquele que nos cuida sem pressa: "Tu és, ó Deus, o meu alto refúgio, o Deus que me ama". Salmo 59.17
=]

3 comentários:

  1. Excelente texto Ade! Pura verdade... Ministrou muito na minha vida...
    bjooo Pri

    ResponderExcluir
  2. Olha...
    Esse foi melhor ainda...
    Prometo passar aqui no próximo níver...
    Deus acaba me falando tanto...
    Hehehehe...


    Abraços Ade.....................

    ResponderExcluir
  3. Estava olhando teu blog novamente pois, comecei a ler no inicio da tarde e depois tive que sair, mas essa parte Deus ministrou tanto comigo... que tremendo isso!!! preciso aprender a descansar mais em Deus!

    beiijos amada!

    ResponderExcluir