segunda-feira, 23 de maio de 2011

"...Um BreVe DeSaBaFo...Ufa!..."


Acordei um pouco frustrada hoje. Com algumas crises dentro de mim. Perguntas sinceras e dúvidas específicas. Isto porque projetei algumas coisas para 2011 e eram tantas intenções... Agenda aberta, caneta na mão e lá fui eu "organizar" minha vida.

Tenho vivido, sim, muitas coisas que não foram programadas. Coisas boas e ruins, mas nada que não vá além dos acontecimentos corriqueiros da vida. Mas não tenho vivido muitas coisas que eu havia "agendado". Sei que Deus está no controle de tudo, Deus não está indiferente à minha vida. Deus é um Pai presente.

Minha frustração está em mim mesma. Comecei a rever algumas escolhas. Tenho me conduzido de forma muito passiva em certas coisas que necessito ter voz ativa. Acho que fiquei cansada no meio do caminho e peguei o atalho do comodismo. Rua sem saída!

Em minha pequena retrospectiva desses primeiros 5 meses de 2011 vi uma Adelita meio que "desfocada". Como isso me desespera! Não quero, definitivamente, continuar assim!
Registro aqui meu desabafo e meu compromisso em mudar. Que os próximos 7 meses sejam de conquista, de trabalho árduo e perseverança. Afinal, não me serviria "lamentar" sem me posicionar.
Lembro-me agora de uma das palavras que mais me impactaram no AcampeTeatro 2011, em Curitiba-PR, em que participei neste fim de semana (20 à 22 de maio). É uma palavra simples, mas é exatamente o que preciso para que muitas coisas na minha vida voltem para o caminho que se perderam, para que eu ajuste o foco e para que essa frustração seja apenas por hoje: disciplina!
Não disciplina no sentido de correção ou castigo, mas no sentido de manter uma disciplina, como quem faz exercícios físicos constantemente. Eu preciso me disciplinar em certas coisas com urgência, para alcançar certos objetivos. Do contrário a frustração será uma constância, isso não tolero!
Que a disciplina sim, na minha vida, seja uma constância!



=]

4 comentários:

  1. quero que saibas que a frente do desabafo vai a coragem! Quantos tem coragem de desabafar de si mesmo? de seus sentimentos? quantos nao falariam seus desabafos culpando outros ou coisas alheias? ao lado do desabafo pessoal vem sempre a coragem...
    de vencer, de enfrentar, de lutar sem ver vitoria pelo simples prazer de poder lutar.
    Uma palavra me veio lendo as suas:
    "tudo posso naquele que me fortalece..." sem progressismo barato ou arranjado, mas podemos naquele que nos ajuda a crer: ELE

    ResponderExcluir
  2. Amada Irmã, faremos o que puder para ajudar, não só em teu ministério mas também à ti, a Adelita irmã, que apesar da distância tem vivido uma aliança conosco, em Cristo! Um abração do teu mano Roger!!

    ResponderExcluir
  3. Tem certeza Adi, que você não es´ta sozinha nessa. Acho que acaba sendo até meio normal acabarmos nos acomodando por um tempo, o que não pode ser normal é permanecermos inertes! temos que reagir, eu também necessito isso... Adii, como seempre! obrigadaa poor me ajudar ;D beeeijoos (e saudadees)

    ResponderExcluir
  4. Preciosa Ade...amo seu blog, parece que escreves especialmente pra mim, de vez em quando me dá uma cutucada,me faz repensar nos meus valores e me questiono tentando me posicionar diante do mundo...o que mais preciso hoje é DISCIPLINA.
    Obrigada e Sucesso em suas conquistas

    ResponderExcluir