quinta-feira, 28 de outubro de 2010

"...VôO iNesQueCíVeL..."



Segurança.
Dia 10 de outubro de 2010 fiz um salto duplo de parapente. Não, não sou eu na foto, eu apenas tirei esta foto. Meu salto foi lindo, 25 minutos no ar fazendo manobras radicais e rindo até não aguentar mais com o "louco" do instrutor que foram me arranjar. Que coisa incrivelmente maravilhosa, ainda mais pra mim, que amo aventuras. Foi simplesmente: perfect! Mas o que mais me chamou atenção naquele dia foi esta imagem que fotografei. Um salto triplo. O instrutor, o jovem rapaz e sua pequena filha de 5 anos. Acreditem!
A pequena loirinha saltou de parapente feliz da vida, com um sorriso que não cabia no rostinho dela de tanta alegria. Ela queria muito fazer isso, mas confesso que imaginei que ela desistiria quando chegasse a hora. Mas, depois de esperar muito tempo para chegar sua vez, ela não desistiu. Nem sequer ficou com o sorriso amarelo, nem fez cara de quem quer mudar de idéia. Em nenhum momento ela titubeou. Por alguns instantes não consegui entender como ela poderia estar tão segura.
Depois de equipados com todos os apetrechos, o instrutor disse: "Vamos saltar enfim". O pai da menina olhou para ela e assegurou: "Tudo bem filha, lembre-se que eu estarei com você todo o tempo." Ela, ainda com o sorriso, simplesmente balançou a cabeça afirmativamente. Aí eu entendi: ela estava segura, ela estava com o pai!


=]

3 comentários:

  1. Poxa minha irmã..
    realmente nós podemos fazer coisas inimaginaveis quando estamos seguros com o nosso "papitO" !.. Vc sabe q vc é a melhor blogueira dessa internet!!!.. Vc diz coisas com conteudo ..pq tem gente q pelo amor né..
    Então é isso ae. . falô irmã linda !!!

    ResponderExcluir
  2. Ade...
    Que coragem! Imagino que tenha sido único...
    Olha...
    Valeu pela foto ai...
    Valeu por compartilhar sobre essa criança...
    Essa consciência de segurança que perdemos com o tempo...
    Conforme crescemos!
    Que o Senhor nos ajude, incentive e nos leve a voar com Ele...
    Voar para os seus lugares...


    Um gde abração...
    Té.........................................

    ResponderExcluir
  3. Oi Adelita, em primeiro lugar gostaria de lhe parabenizar pelo seu blog e com certeza por essa história tão bonita. Também pela sua sensibilidade em ter percebido o que eu achava que só eu e minha filha tinha-mos percebido, principalmente, eu por seu o pai; com certeza este momento foi algo inesquecível para minha vida. Com essa história fiquei pensando como DEUS deve ficar feliz conosco quando confiamos 100% nele, pois eu simbolicamente no lugar DELE ainda hoje sinto um imenso prazer nisso.
    Grande abraço e sucesso!!!

    ResponderExcluir