terça-feira, 10 de março de 2009

PoetizandoOoOoo

...por consthancia
O que escrever
se há tanto para ser dito
Grito em silêncio
Brado num sussurro
Sou como um sopro
que logo se vai
Partes de mim
se perderam em mim
Há tanto para ser dito
Mas só silêncio
responde meus porquês
Nada posso dizer agora
E nada do que eu venha escrever
Irá dizer
o que realmente sinto!
...

7 comentários:

  1. Palavras que as vezes não são ditas,mas sentidas...Ass:Angel

    ResponderExcluir
  2. Para cada um há um significado.
    Gostaria de saber o que faz um poeta escrever subentendido.
    Vergonha? medo? ou o fato de expressar seus sentimentos diretamente não seja o fato que move o poeta, mas sim o subliminar que deixa um gostinho de quero mais no leitor (de ler e reler, e reler...).

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Penso que sublimar talvez não descreveria exatamente o que um poeta faz... acho que ele cria um "suspense"... não se revela ao todo.
    Afinal, nem sempre o poeta escreve para todos,para os leitores. Ás vezes escreve para "o" leitor, especificamente.
    Entao ele acaba usando de "meias palavras" na esperança de que "o leitor" entenda inteiramento o que o poeta quis dizer nas entrelinhas!

    Bem, creio que esse é um dos motivos que faz um poeta escrever de forma subtendida.


    abraçOoOos ;)

    ResponderExcluir
  5. =)
    TipoOo...
    Adoreiiii...
    O silêncio pode dizer tantoOo...
    E axoOo ki é no silêncio ki se revela o melhor do croação...
    Hehehehehe...
    Saudadsss linda...

    AbraçOo

    ResponderExcluir
  6. Essa é minha maninha!!!quero autógrafos depois heim? e não esquecendo que no seu livro haverá uma singela homenagem a mim,nao é??? hehehe!

    angel

    ResponderExcluir